segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

5 músicas para ouvir antes do ano acabar


Aloha meus queridos! Ansiosos pra virada do ano? Estou preparando alguns posts pra esse finalzinho derradeiro de 2012 e comecinho de 2013. Por isso, fiquem aí com as 5 músicas para ouvir antes do ano acabar:


Kansas - Dust in the Wind


Gabriel, o Pensador - Palavras Repetidas


Agridoce - Dançando


Salzband - A Esperança se Renova


Capital Inicial - Primeiros Erros

Pra refletir sobre 2012 e mudar muita coisa em 2013.

BÔNUS


Roberto Carlos - Esse cara... NÃO PERA BRINCADEIRA PESSOAL SÓ PRA DISCONTRAIR

O Estranho é Ser Normal deseja a cada um dos leitores mais lindos do mundo um 2013 maravilhoso. Que todos os seus sonhos possam se realizar e que as  resoluções de fim de ano não fiquem só no papel. Obrigada por terem feito esse ano um pouco mais especial do que ele foi. Vocês são realmente especiais pra mim e os meus olhos brilham a cada nova visualização ou comentário. Amo você seus lindos. E aproveitem a comida e dirijam com cuidado *0*

Por hoje é só. Beijoo ;*

sábado, 29 de dezembro de 2012

A doce voz doce de Clarice Falcão

Buenas galerinha! Como estão? Eu tô aqui, morrendo de ansiedade pra chegar amanhã e eu ter oficialmente 17 anos e ganhar a minha camiseta do Capitão América que algum leitor lindo vai me presentear *0*

Enquanto dia 30 não chega, apresento a vocês mais um talento do mundo da música. Aliás, não só da música, como da escrita e atuação: Clarice Falcão. A recifense criada no Rio de Janeiro, filha do cineasta João Falcão e da roteirista Adriana Falcão, apareceu na mídia quando em 2007 ganhou um concurso mundial de curtas, realizado pelo Google, o Project Direct. Eu, que sou apaixonada por curtas, gostei bastante dele, Laços. Veja uma fatia do talento da moça:


Por causa do sucesso do vídeo, em 2008 Clarice conseguiu um posto desejado por muita gente: atuou em uma novela do horário nobre da Globo, A Favorita. Nela, viveu Mariana, uma adolescente um tanto quanto rebelde e revoltada contra a mãe que era agredida pelo pai alcoólotra. Nessa época, em que eu ainda gostava de novelas, curti a atuação dela, mas o que mais gostava era o estilo. Ela tem uma beleza diferente e admiro muito mulheres e meninas que são assim.


Ela participou da criação do roteiro da série Louco por Elas, que passa na Globo nas noites de terça-feira. Atualmente, ela faz o programa O Fantástico Mundo de Gregório, com o seu namorado, o Gregório. O programa é exibido pela Multishow, toda segunda, às 22h30.


Mas o que conquistou meu coração foi a música da Clarice. Já comentei com vocês que é difícil eu gostar de vozes femininas. Não é nem a voz dela que é tão diferenciada assim, mas as letras das músicas. São divertidas, bem humoradas e falam sobre a vida dela, mas ao mesmo tempo sobre a vida de todo mundo. Quando perguntaram, em uma entrevista a revista TPM, se o humor é algo fácil para ela, vejam o que ela disse:
"Não sei se vem fácil, mas é algo que eu gosto que permeie todas as coisas que eu faço. Gosto de escrever pra humor, atuar em humor. Na composição das músicas, uso muito o que eu aprendi escrevendo pra coisas de humor. É o jeito que eu consigo me comunicar. As coisas saem mais fáceis quando eu tenho o objetivo de passar uma ideia doida e engraçada, que surpreenda as pessoas. Humor tem muito isso da surpresa. Arte sempre tem que surpreender em algum nível. Pelo menos pra mim, mesmo quando não é uma obra de comédia especificamente, eu ainda acho que é necessário algo doido, uma ironia ou alguma surpresa. A música vem muito disso. Até porque eu faço muita musica de amor, que já é um tema exaurido. Ao mesmo tempo é um tema que eu amo. Então penso em como fazer uma música de amor de uma forma que não tenha sido feita antes"
Não sei bem qual música é a minha favorita. Fiquem aí com uma palhinha de todo o talento dela: Monomania.


Curtiu a moça? Esses são os links dela:




Quer ver sua banda/cantor favorito aqui no blog? Peça nos comentários :D

Curtiu? E que Clarice vocês preferem, a cantora, a roteirista ou a atriz? Comentem :-)

Por hoje é só. Beijoo ;*

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

As Aventuras de Pi, um filme para te fazer pensar

Buenas chicos! Como passaram de Natal? Eu passei aqui em casa com a família. Teve muita comida, risadas, presentes e tudo mais. E também ganhei o presente mais lindo da Terra: um brinco de bigodes (!!!ONZE!). Sente só a felicidade da criança aqui :P

Deixando os bigodes um pouco de lado, vamos falar de um filme que estreiou dia 21, na semana passada e que está sendo tão divulgado por aí: As Aventuras de Pi. Assisti no cinema na quarta-feira e... o que dizer? Filme perfeito? É por aí.


Dirigido pelo ganhador do Oscar Ang Lee, o longa que foi inspirado no livro best-seller A Vida de Pi, conta a história de Piscine Patel, o Pi, um adolescente indiano que é hindu, cristão e muçulmano. Seu pai vende os animais do seu zoológico e a família vai de navio até o Canadá. Mas eles sofrem um naufrágio e Pi acaba sendo o único sobrevivente. Ele passa mais de 200 dias perdido no mar em um barquinho com um tigre-de-bengala que era do zoológico, Richard Parker.


Pi foi interpretado por Suraj Sharma, um estudante que mora em Delhi. Ele venceu mais de 3 mil concorrentes na disputa para ver quem seria a estrela do filme. Em entrevista ao Jornal Metro, ele disse que antes do filme não ligava pra muita coisa, mas que depois passou a pensar muito sobre tudo e que até vai cursar filosofia na faculdade.


Antes de assistir ao filme, eu pensei: "É só mais um daqueles filmes em que tem um animal que não gosta de você, mas como você fica muito tempo com ele, ele se torna o seu melhor amigo e todos vivem felizes para sempre". Mas não tem nada a ver. A história é muito mais abrangente do que isso e a relação de Richard Parker com Pi te faz pensar sobre o sentido da vida, companheirismo, coragem, esperança, respeito e até sobre Deus.


Tecnicamente falando, os efeitos visuais do filme são INCRÍVEIS! O cenário é colorido e cheio vida, como em Avatar. Praticamente tudo foi feito em estúdio, até o tigre Richard Parker, que foi feito pelo mesmo estúdio que Aslan, o leão de Nárnia. Quem tiver a oportunidade de ver em 3D, faça isso porque vale a pena.

Um filme lindo, com efeitos visuais lindos e que deixa a moral da história pro telespectador escolher/fazer/pensar. Recomendadíssimo!

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: Livre


E vocês, já assistiram o filme? Já leram o livro? O que acharam? Ficaram com vontade de ver? Já compraram minha camiseta do Capitão América? Comentem :-)

Por hoje é só. Beijoo ;*

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

E um Feliz Natal!


É, chegou. Alguns acharam que não ia ter Natal esse ano. Mas ele chegou. E que data maravilhosa. Presentes, comida, fogos... Não pera.

Ontem, antes de comer a ceia, já tinha dado meia-noite e blábláblá, meu primo de 8 anos sentou no canto e começou a chorar. E lá foi Maria, protetora dos fracos e oprimidos, consolar o garoto. Perguntei o que ele tinha. Então ele me disse que ele ia demorar demais pra comer e não ia dar pra entregar o presente dele. Vocês entenderam? Ele estava triste porque a pessoa que receberia o presente que ELE IA DAR teria que esperar demais pra ele comer a ceia.

Perguntei se ele sabia o que era o Natal. Fiquei chocada porque ele não sabia nada da história. Contei sobre o nascimento de Jesus, do anjo que veio até Maria, da manjedoura e dos animais. Ele ficou todo feliz e foi lá comer. Foi o primeiro a terminar e entregou o presente do amigo secreto. Pra quem era? Pro pai dele.

Mas por que diabos eu estou contando isso? Bem, quero lembrar-lhes queridos leitores que se não fosse Jesus, não teria árvore de natal, pisca-pisca, presente, ceia, fogos, festinha, esses bang tudo. Provavelmente nós nem estaríamos vivos. Paremos de estragar essa data tão linda com nossos impulsos consulmistas e lembremo-nos da verdadeira razão disso tudo estar acontecendo. Por Ele são todas as coisas. "Ah, mas Maria, você não gosta de ganhar presente?" CLARO QUE EU GOSTO, SOU HUMANA! Tô só dizendo que esse não deve ser o motivo da sua felicidade na noite/dia de Natal.

Ano passado eu pedi que o Espírito Natalino nos contagiasse todos os dias, não apenas no Natal. Bem, esse ano quero pedir que nós tenhamos a sensibilidade de uma criança. Que como o meu primo, fiquemos ansiosos e contentes para ENTREGAR o nosso presente, e não para recebê-lo. Que possamos amar como elas, perdoar como elas. Que a gente pare de complicar tanto as coisas mais simples. Que a hipocrisia e o preconceito não sejam umas das nossas características. Enfim, que possamos ser felizes independente de qualquercoisa, como só as crianças sabem fazer.

Com um pouquinho de atraso, o O Estranho É Ser Normal deseja a todos os fiéis e amados leitores um Natal cheio de tudo que há de bom nessa vida. Que Deus possa abençoar muito cada um de vocês e que os nossos próximos Natais possam ser cheios de vida, acima de tudo. Que possamos agir todos os 365 dias do ano como agimos nessa data especial. Aproveitem a comida e os presentes por mim. E um Feliz Natal!

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Music is Life: Tenth Avenue North

Buenas! Beleza pessoal? Estou aqui, toda queimada (passem protetor solar pessoal, é sério) por causa de um rolê aí e vim trazer hoje mais uma banda após muito tempo sem postar nessa tag. Conheçam agora o Tenth Avenue North.


 A banda nasceu em 2000, em West Palm Beach, na Flórida. Os caras se conheceram na Universidade e deram esse nome ao grupo por causa de uma rua com o mesmo nome.

 
Eles gravaram 4 CDs antes de assinarem contrato com a Reunion Records, em 2008. Desde lá lançaram 3 CDs, Over and Underneath (2008), The Light Meets the Dark (2010) e The Struggle (agosto desse ano).


A banda, que toca CCM, é formada atualmente por Andrew Middleton (guitarra e vocal), Scott Sanders (baixo e vocal), Bryan Homan (baixo e vocal), Daniel Zayas (guitarra e vocal) e Donnie Richards (bateria). Em 2009 ganharam o GMA Dove Awards como Novo Artista do Ano e em 2010, ganharam com By Your Side o prêmio de Música do Ano.

Aqui os links dos caras:






Essa aqui é a minha música favorita deles, By your side:


Curtiram a banda? Quer ver seu cantor/banda favorito aqui no blog? É só pedir nos comentários :-)

Por hoje é só. Beijoo ;*

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

GO GO GO! A Origem dos Guardiões

HELLOOOOO! E aî pessoas lindas, como vão? Já compraram meu presente de aniversário? Faltam 11 dias hein! Certo, hoje vim recomendar um filme que vi com meu irmão no cinema: A Origem dos Guardiões.


A Origem dos Guardiões é baseado na série de livros The Guardians of Childhood, de William Joyce, e segue a história dos heróis da nossa infância. Papai Noel, Coelho da Páscoa, Fada dos Dentes se unem para salvar o mundo do malvado Bicho-Papão. Ele pretende iniciar uma era da escuridão, que destruirá o sonho de todas as crianças.

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: Livre


Sou fã de animações, sempre fui e sempre serei. Me sinto com 5 anos toda vez que assisto Madagascar ou A Era do Gelo. O que eu mais amei nesse filme é que ele te faz lembrar da magia da infância. Ainda que nós tenhamos certeza de que a Fada do Dente & cia. não existam, é muito bom lembrar que um dia você já acreditou nisso tudo e que a vida parecia linda e maravilhosa.

É disso que precisamos nos dias de hoje, nunca deixar a criança que existe em cada um de nós morrer. É isso que torna a vida bonita. Esse é o espírito do O Estranho é Ser Normal, ser como uma criança que acredita num futuro melhor, que sabe que as coisas são simples e os adultos é que complicam tudo, que não tem preconceitos com os outros e que ama descobrir coisas novas, tem a mente aberta a tudo.

Dica super legal pra despertar o molequinho e a garotinha que existe em todo mundo :DD

FONTE:


O que acharam da dica? Quem já assistiu, curtiu? Comenta :-)

Por hoje é só. Beijoo ;*

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Sobre chorar/sorrir/beijar na chuva


15h30. Droga, atrasada de novo! Será que eu consegui chegar na hora em algum lugar esse ano? Peguei tudo? Acho que sim. Desce as escadas. Droga, esqueci aquilo! Sobe as escadas. E o procedimento é repetido, sei lá, umas 3269387467384 de vezes. E ela sobe a rua pro ponto de ônibus numa tentativa frustrada de alcançar a velocidade da luz.

Uma hora esperando e o ônibus não chega. Ótimo, além da galinhada ter ganho o Mundial, ainda tenho que chegar MAIS atrasada que o normal porque eles fecharam e não deixam os ônibus passarem. Lindo. Coque mal-feito, cabelo ainda molhado da chuva do dia anterior, sem o conforto dos meus tênis, meu óculos torto e um batom vermelho. Lindo. Realmente.

Mas depois do dia anterior, aquilo era fichinha. Nenhum estresse seria grande demais depois do que aconteceu. Eu na Paulista, super feliz com a chuva, pensando em como você apreceria lindo lá em casa no dia 30, me trazendo de presente a camiseta do Capitão América e dizendo que é só uma lembrancinha. Até que te vejo andando de skate, uns 20 metros na minha frente, com uma desconhecida. E quando já estou correndo pra falar com você e dizer que estava com saudades, ela te arranca um beijo e você corresponde. Naquele momento descobri o que significa sentir o chão desabando sob os pés.

Nessa hora, cai a bolsa, caem os livros, cai o guarda-chuva, cai a boca, caem as lágrimas. Elas se misturam com a água da chuva. E a dor que eu sinto é acolhedora, como chorar debaixo do chuveiro. E eu me pergunto o porquê daquilo. Era preciso que eu visse essa cena? Era mesmo?

Você sorri pra ela, e ela te devolve um sorriso lindo. Vocês viram as costas pra mim e caminham felizes. Felizes demais pra reparar a minha existência, quanto a mais a minha tristeza. É assim que a chuva é. Enquanto traz felicidade para alguns, se tornam as lágrimas dos outros. Ai, o ônibus chegou, graças à Deus! Vou enrolar um pouco na Livraria enquanto o culto não começa.

sábado, 15 de dezembro de 2012

Eu vivo: Wishlist de Aniversário - 17 years

Bom dia galerê! Como está o coração da galinhada? Espero que já estejam comprando os lencinhos para enxugarem as lágrimas de tristeza amanhã.

Emoções futebolísticas à parte, faltam 15 dias para o meu aniversário de 17 anos #todosvibracomemorasóquenão \õ/ Assim como no ano passado, farei uma lista de presentes que eu gostaria muito muito muito de ganhar. Mas espero que esse ano algum ser de bom coração me dê alguma coisa ~le Maria interesseira~


Desde que eu assisti Os Vingadores, estou completamente alucinada por super-heróis! Ainda que eu saiba que eles são um pano de fundo pras armadilhas do sistema, é mais forte do que eu. Só os meus amigos sabem o quanto eu necessito/preciso/anseio por essa camiseta agora now at this moment.


Não sei se vocês sabem, mas a minha maior inspiração no mundo dos blogs é a Bruna Vieira, dona do Depois dos Quinze. Além de ser super fofa e simpática, ela é muito talentosa. Escreve que é uma beleza e tem uma história de vida super legal. Há algumas semanas ela lançou o seu primeiro livro e eu, como super fã e admiradora, necessito.


Eu amodoro essa estampa, a tal da Galaxy. O universo é uma coisa linda, e esse vestido também hehe :B


Mais um livro pra lista! Quando estudava de manhã, ouvia Jovem Pan AM todos os dias com a minha mãe. Infelizmente, só estou conseguindo ouvir aos sábados agora. A rádio criou o projeto Jovem Pan pela vida contra as drogas, que dá palestras em escolas da Grande São Paulo, levando médicos e ex-usuários de drogas para mostrar aos jovens de uma forma bem realista o que a droga causa na vida das pessoas. Um dos colaboradores do projeto é o João Blota, que tem uma história super emocionante. Ele passou 15 anos usando desde o tabaco até o crack. Ouvi a história dele no rádio e descobri que ele escreveu esse livro. A renda dele é toda revertida para recuperações de usuários, prevenção e apoio às famílias. Dessa lista, é o que MAIS quero mesmo sorry Capitão América.

 

Esse ano, quando estávamos aprendendo sobre Napoleão Bonaparte, o prof Wagner lemdo resolveu mostrar como tudo aconteceu com essa minissérie, que conta toda a história de um dos maiores generais da história. Mas não conseguimos assistir tudo #cry . A Ingrid me mostrou que tinha na Livraria Cultura e agora estou super curiosa pra assistir TUTU. Recomendo pra você que odeia história (WHAT'S YOUR PROBLEM??), é bem legal e nada cansativo :B


Pra finalizar, é mais do que óbvio que teria um sneaker nessa lista. Você que pensou que eu ia pedir aquelas coisas com salto que os "fashionistas" ousam chamam de sneakers, se enganou. Meu novo amor é esse aí, que na verdade é o mesmo modelo que eu pedi no ano passado, só que sem a estampa de oncinha. Pode ser vermelho ou azul, qualquer um serve. Calço 36 hehe :B

Quem vai dar presente de aniversário pra Maria? cri cri... cri cri... :(

Por hoje é só. Beijoo ;*

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Futeamor: São Paulo 2 x 0 Tigre - Copa Sul-Americana

EL CAMPIÓN VOLVIÓ! Bom dia caros colegas leitores! Que dia lindo não? O céu está um pouco vermelho, preto e branco não acham? Vou deixar pra expressar minha sutil emoção no fim do texto,  beleza? Agora, vamos ao jogo de volta da final da Copa Sul-Americana 2012.

O jogo já começou cheio das polêmicas: mamilos os jogadores do Tigre não puderam treinar no Morumbi e nem se aquecer no gramado antes do jogo. O SPFC justificou que o gramado estava danificado por causa do show da Madonna.

Polêmicas à parte, desde o primeiro jogo já ficou bem claro qual era o objetivo dos 2 times: o São Paulo queria jogar bola e o Tigre queria lutar MMA. Já que era uma final de F-U-T-E-B-O-L, o São Paulo foi superior durante todo o 1º tempo, com mais posse de bola. Ainda sim, Lucas e Osvaldo encontraram uma marcação pesada preparada por Nestor Gorosito, técnico do Tigre. Mas o tricolor precisou de apenas 2 lances perigosos para matar o jogo.

Aos 22 minutos Jadsono encontrou William Canhão José na entrada da área, que devolveu para ele. Seu chute foi travado, mas Lucas pegou a sobra e marcou o primeiro da partida e o seu último aqui no Brasil pro Tricolor: 1x0 pro São Paulo.


Apenas 6 minutos depois, Lucas passa a bola para Cristiano Osvaldo que em posição duvidosa chuta pro gol com muita categoria. 2x0 pro time mais lindo da capital paulista.


Não sabendo mais o que fazer, os argentinos passaram a fazer a única coisa que sabem: bater como se não houvesse amanhã. O critério de faltas do árbitro, como dizer, não havia critério. Tanto que até o banco dos argentinos (!!!) estava reclamando. Eles bateram, bateram, bateram até tirar sangue de alguém e esse alguém foi o Lucas. Aos 39 minutos, Orban deu uma cotovelada no nariz do menino e o árbitro, além de não dar falta, advertiu Lucas. Godoy bateu mais no menino e aí o árbitro deu cartão amarelo. Fim do 1º tempo com uma baita confusão.

Quando Lucas estava indo pro vestiário, "ofereceu" o algodão que estava no seu nariz a Orban. Aí começou a festa, jogadores querendo se bater e os seguranças do São Paulo e os PMs tiveram que apartar a briga. Foi todo mundo pro vestiário e aí sim, fim do 1º tempo.


Começa o 2º tempo e... não, pera. Não teve 2º tempo. O São Paulo voltou, os árbitros voltaram, mas as tigresas não. Houve uma confusão dentro do vestiário entre todo o elenco do Tigre, os seguranças do SPFC e a polícia militar. Imagens mostram que teve até sangue.

Foi um desce e sobe daquele vestiário... Enfim, passaram-se 30 min, o árbitro aponta pro meio do campo e É CAMPEÃO!!!!!!!!!!!!!!1111!!!!!!1111ONZE111!!!!!!!!!!! :'''''''''''''''''''''''''')



VISÃO MARY DO JOGO

AI MEU DEUS DO CÉU, AI MEU DEUS, AI MEU DEUS, POSSO FICAR REPETINDO ISSO UM TRILHÃO DE VEZES, AI MEU DEUS DO CÉU! 4 ANOS SEM GANHAR NEM CAMPEONATO PAULISTA E FINALMENTE O JEJUM FOI QUEBRADO! TRICOLOR MAIS UMA VEZ CONQUISTA UM TÍTULO INTERNACIONAL QUE NEM A GALINHADA, NEM AS SEREIAS, NEM A PORCADA (CHORA PORCADA!) TÊM. MEU DEUS DO CÉU, QUE TIME LINDO É ESSE, QUE LUCAS, QUE WELLINGTON, QUE CRISTIANO OSVALDO, QUE DENÍLSON, QUE RAFEL TOLÓI, QUE PAULO MIRANDA, QUE ROGÉRIO M1TO CENI LINDOS SÃO ESSES! EU AMO ESSE TIME, EU AMO O MORUMBI, EU AMO ESSA TORCIDA, AMO, AMO, AMO! MEU DNA É TRICOLOR, MEU CORAÇÃO TEM 5 PONTAS E 3 CORES! JESUIS, MUITO OBRIGADA PORQUE EU SOU PRIVILEGIADA POR TORCER POR ESSE TIME LEMDO! ~lágrimas escorrendo loucamente~

Voltando as letras sem caps lock, snif :'), Foi um 1º tempo muito bom, o São Paulo conseguiu jogar sem LF9 (TÁ PERDOADO SEU LINDO, SOMOS CAMPEÕES) e o melhor de tudo: revidou as porradas com a bola no pé. Denílson e Wellington estão de parabéns, jogam muito esses dois. Nossa zaga está evoluindo e os craques Cristiano Osvaldo e Lucas, MEU DEUS, NÃO TEM NEM O QUE FALAR DESSES DOIS :')

Mas agora, falando sério, LAMENTÁVEL o comportamento do Tigre e dos seguranças do SPFC. Poxa, o Morumbi tava lindo, superlotado, mas tem que sujar a imagem do São Paulo e do futebol brasileiro. Não interessa quem começou, quem terminou. Interessa que aconteceu. DESNECESSÁRIO E INFANTIL. Nem teve graça gritar é campeão sem o 2º tempo. #xatiada :(

VOLTANDO AO CAPS LOCK, LUCAS SEU LINDO NÓS AMAMOS MUITO VOCÊ, QUE VOCÊ FAÇA MUITO SUCESSO LÁ NO PSG (NÃO SE CASE COM NENHUMA FRANCESA FEDIDA SE NÃO MATO-LHE) E QUE TRAGA O LUGANO NA MALA QUANDO VOLTAR. ROGÉRIO M1TO CENI, MUITO LINDO O SEU GESTO DE DAR A BRAÇADEIRA DE CAPITÃO PRO LUCAS PRA ELE LEVANTAR A TAÇA! QUE NOITE LINDA MEU DEUS INESQUECÍVEL, TE AMO TRICOLOR!


AGORA É ISSO AÍ PESSOAL, QUE VENHA O TOLIMA NA PRÉ-LIBERTADORES RISOS ETERNAMENTE, QUE VENHA O CORINTHIANS NA RECOPA CHORA GALINHADA E QUE VENHA O CHELSEA PRO BRASIL PRA COMEMORAR O MUNDIAL DELES JUNTO COM A GENTE!

IMAGENS:


O QUE VOCÊS ACHARAM DO JOGO? MEU TIME E MEU LUCAS SÃO LINDOS DEMAIS NÃO SÃO? COMENTEM (NÃO CONSIGO TIRAR O CAPS LOCK TÔ MUITO EMOCIONADA) :'''')

SÓ PRA FINALIZAR, CHORA SEREIAS, CHORA PORCADA E CHORA GALINHADA:

SOU SOU TRICOLOR
SOU SOU TRICOLOR
SOU SOU TRICOLOR
TENHO LIBERTADORES
NÃO ALUGO ESTÁDIO
SOU HEXA BRASILEIRO
NUNCA FUI REBAIXADO!

EL CAMPIÓN VOLVIÓ! POR HOJE É SÓ. BEIJOO ;*

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Eu vivo: Dom Casmurro, Capitu e Machado de Assis

Buenas! Como estão? São paulindos estão ansiosos pra hoje à noite? Eu tô :B Mas não é de futebol que eu vim falar hoje não. É sobre Machado de Assis.

Bem, desde os 10 ou 11 anos que eu sei o que quero fazer da minha vida: escrever. Tanto que criei o blog. Acho que eu fui a 1ª da minha turma que aprendeu a ler e desde então, esse é o meu hobby. Ainda me lembro do meu primeiro livro de verdade, O Advogado. Demorei séculos pra terminar, mas terminei.

Eis que decido ter o meu primeiro contato com a literatura brasileira, lendo Memórias Póstumas de Brás Cubas, do divo Machado de Assis. E assim começa minha história de amor com esse lindo. Pra você que não sabe, Machado de Assis foi um escritor do movimento realista no Brasil. Nasceu em 1839 no Rio de Janeiro, era mulato, filho de uma lavadeira e um operário e morava no Morro do Livramento. Enfim, tinha ABSOLUTAMENTE TUDO pra ser só mais um nesse mundo. Mas não. Ele perdeu a mãe cedo, mas mesmo assim conseguiu estudar e se tornou tipógrafo na Imprensa Nacional. Cresceu e se tornou um dos maiores (se não o maior) escritores brasileiros. E ele não escrevia só um tipo literário não. O cara era jornalista, contista, cronista, romancista, poeta e teatrólogo. Foi ele que fundou a Academia Brasileira de Letras, da qual foi presidente por 10 anos. É ou não é um ser humano extraordinário?


Enfim, além de Memórias Póstumas de Brás Cubas, também escreveu simplesmente o maior mistério da literatura brasileira: Dom Casmurro. ATENÇÃO: DAQUI PRA FRENTE PODEM HAVER ALGUNS SPOILLERS! O livro conta a história de Bento Santiago, o Bentinho ou Dom Casmurro se preferir, um garoto que nasceu da promessa feita por sua mãe, que após perder o 1º filho, jura a Deus que se lhe fosse dado outro, ele se tornaria padre. Ele sempre foi muito amigo de Capitolina, a Capitu e aos 15 anos, descobrem estar apaixonados. Fazem de tudo para que ele não vá ao seminário. No fim das contas, Bentinho vai ao seminário, onde conhece seu futuro melhor amigo, Escobar. Os dois saem depois de algum tempo (Escobar por causa do comércio e Bentinho por causa de Capitu) e Bentinho se torna bacharel em Direito em São Paulo.

Quando volta, se casa com Capitu e Escobar se casa com Sancha, a melhor amiga de Capitu. Bentinho e Capitu têm um filho, Ezequiel, que adora imitar todo mundo. Um dia, Escobar morre afogado e aí vem o ápice da história. Capitu, quando vê o defunto no caixão, deixa uma lágrima escapar, com seu olhar de cigana oblíqua e dissimulada. Olhos de ressaca. Ezequiel, a cada dia que passa fica mais parecido com Escobar. Bentinho decreta que foi traído e se separa de Capitu.


Mas o que tem de tão fantástico, lindo e marvilhoso nesse livro Maria? Aí é que tá, não se sabe se Capitu traiu ou não Bentinho. Não existe um momento do flagra ou coisa do tipo. Além do que, Capitu sempre se demonstrou apaixonada por Bentinho. Não dá pra saber. O julgamento fica por conta do leitor. ATENÇÃO: ACABARAM OS SPOILLERS!



Certo, mas não é precisamente disso que eu vim falar. Em 2008, a Globo fez uma minissérie em homenagem ao centenário de morte de Machado de Assis, chamada Capitu, que conta a história do livro. Lembro que eu assisti o 1º capítulo quando tinha 12 anos e não entendi bulhulhufas. Esse ano, quando estávamos aprendendo sobre o Realismo na escola, a profª Ana Elvira falou sobre a minissérie e vi que umas pessoas lá da sala acharam bem legal. Resolvi dar uma chance a Globo e assisti nessas férias. O que dizer? Alguma vez você já viu um filme que veio de um livro e quando assistiu sentiu as mesmas coisas que quando leu? Bem, foi isso que eu senti. Que produção maravilhosa!


Ela foi transmitida entre 9 e 13 de dezembro de 2008 (tem 5 capítulos) e foi dirigida por Luiz Fernando Carvalho (o mesmo diretor de Hoje é dia de Maria). A produção é a 2ª do Projeto Quadrante, que tenciona levar a literatura pra TV. O elenco conta com Letícia Persiles, César Cardadeiro, Michel Melamed, Maria Fernanda Cândido, Eliane Giardini e Pierre Baitelli . Todos os diálogos e a narração foram retirados do livro.


Sempre que eu assisto algo, não é a trama que chama mais atenção, e sim outros fatores que podem fazer muita diferença no filme/série: fotografia, cenário, figurino e trilha sonora. Essa foi uma das poucas produções em que todos esses fatores me impressionaram. A fotografia, que é bem clara e viva na adolescência dos personagens e se torna mais forte, intensa, mais contrastada e densa quando eles se tornam adultos; o figurino, maravilhoso, com enfoque para os vestidos de Capitu, que quando adolescente são cortados obliquamente (como o seu olhar de ressaca) e quando adulta, tem cores quentes, como de uma cigana (como o seu olhar de ressaca); o cenário, que mistura o atual com o antigo; e a trilha sonora, composta por Black Sabbath, com Iron Man, Jimi Hendrix e Janis Joplin, Fred Astaire com Cheek to Cheek, Nelson Cavaquinho e Elcio Soares, com Juízo Final e a mais marcante de todas, Elephant Gun, da banda Beirut, a música tema de Capitu e Bentinho.



É muito bom ver como a obra de Machado de Assis é atemporal e se encaixa perfeitamente na atualidade. Machado, seu lindo, obrigada por deixar esse legado *0*

Curtiram a dica? Quem sabe a ideia de algumas pessoas sobre a literatura brasileira não mude (pra melhor!)? Comentem o que acharam da minissérie! Por hoje é só. Beijoo ;*

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Semjeitismo


Estava indo pra Livraria Cultura quando você me para e conversa comigo, com seu sorriso doce e que, como diria Taylor Swift, "ilumina a rua toda" (mesmo sendo dia). E me pergunta como eu estou, pra onde eu vou e o resto é só silêncio. Não que ele tenha parado de falar, eu é que parei de ouvir. Só conseguia ver sua boca se movendo enquanto milhares de flashes se passavam na minha cabeça. Como pode caber tanta coisa dentro de uma cabeça? O de um coração? Ou dos dois?

Meus desveneios pararam, disse um "Até logo!" e segui o meu caminho. Entrei no meu templo e corri em direção ao livro que pretendo terminar até o fim do ano: "Tudo o que é sólido pode derreter". A história de uma menina tão igual, mas tão diferente de mim é apaixonante. Não sei se a prefiro na TV ou nas páginas de um livro. Procuro a poltrona vazia mais próxima e entro num mundo novo. Até que me deparo com uma palavra nova: semjeitismo.

Paro minha leitura para um momento de reflexão. Semjeitismo. S-E-M-J-E-I-T-I-S-M-O. Assim como Theresa se apaixona pelo título do livro, eu me apaixono pela minha mais nova palavra predileta. Ela apenas se encaixa perfeitamente na minha história. E puxa, que coincidência: a palavra se encontra no capítulo em que Theresa está lendo Clarice Lispector, apenas minha escritora diva favorita. Semjeitismo, uma palavra tão suave e ao mesmo tempo cheia de força e significado.

Semjeitismo é o que acontece quando eu, tão desligada mas tão observadora, fico olhando tudo e todos a minha volta e então meus olhos passam por você, seu olhar encontra o meu, ou o meu olhar encontra o seu, ou os nossos olhares se encontram, como se tivessem força própria e não dependenssem nem da cabeça, nem do coração para fazerem o que bem entenderem. Sem jeitismo é o que acontece quando eu, mais desligada que observadora, passo reto por você, que me segue com os olhos. Sem jeitismo é o que acontece quando olho pro chão, encontro seus pés, levanto a cabeça, descubro que você sabia que eu estava observando seus tênis e desvio o olhar.

E quando me perguntarem mais uma vez por que sou tão quieta e tudo mais, apenas direi: "Essa sou eu, apenas uma menina cheia de semjeitismo". É melhor voltar pra leitura, Clarice me espera.

PS.: Para saber mais sobre a série/livro "Tudo o qué sólido pode derreter", veja esse post.

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Futeamor: Tigre 0 x 0 São Paulo - Copa Sul-Americana

Não, você não leu errado. Esse é um post sobre futebol! Quem aí estava com saudades?? Ninguém... Ah, ok... Então... É... Ok. O motivo de eu ter parado com os posts futebolísticos não é eu ter deixado de gostar de futebol ou trocado de time ou sei lá. Acontece que eu passei a ir a Igreja aos domingos também e daí não dá pra assistir o futebol. Mas e os jogos de 4ª feira à noite? Colegues, eu estudo a noite. E é muito triste e frustrante não assistir os jogos de 4ª, #chateada. Porém, estou de férias (te amo férias) e dá pra assistir os últimos jogos do ano. Eu não sei, vou ter que dar um jeito de ver esses jogos ano que vem, slá. Não quero largar essa tag aqui no blog, acredito que ele é diferenciado nesse ponto. Que outro blog vocês conhecem que fala sobre futebol, música e crônicas? Compreendem?


Agora chega de blá blá blá e vamos ao que interesa: 1º jogo da final da Copa Sul-Americana, na Bombonera, Tigre x São Paulo. Antes de começar a xingar os caras, conheçamos os fatos. O São Paulo, extremamente superior tecnicamente ao adversário, que é o vice lanterna do Campeonato Argentino, começou o jogo muito bem, com duas oportunidades de Lucas e Luís Fabiano. Já que os caras não tinham qualidade com a bola nos pés, jogaram fechados, são argentinos e este é um torneio sul-americano, DÁ-LE CATIMBADA! Parecia mais UFC que futebol. Fizeram isso do começo ao fim do jogo.


Até que, para a nossa alegria só que não, aos 13 min de jogo, Orban faz uma falta feia em cima de Lucas e aí me vem Luís Fabiano, começa a querer briguinha com Donatti nhé nhé nhé e quase dá um chute no cara. No meio da confusão, qual é o resultado? Os dois são expulsos com menos de 15 min de jogo.

No 1º tempo, até que o Tricolor conseguiu manter o bom ritmo de jogo, com a velocidade de Lucas e Cristiano Osvaldo (ontem, mais Osvaldo e menos Cristiano) e a boa partida de Jadsono. Mas o time não conseguia finalizar, sentindo a expulsão do LF9. E os argentinos? DÁ-LE MAIS CATIMBA! Parecia um time formado somente por Jorges Henrique. Maggiolo ficou indo pra cima de Rafel Tolói e Galmarini, no Denílson. Acaba o 1º tempo com apenas 2 "finalizações" do Tigre de fora da área.


As duas equipes voltam sem modificações para o 2º tempo. Modificações de jogadores, porque o jeito de jogar parecia outro. O Tigre veio com muito mais garra e agressividade com sua "torcida" que nem lotou o estádio. E voltaram mais catimbeiros do que nunca. O São Paulo não consegui criar jogada, já que os argentinos subiram a marcação e tiraram o espaço dele. Em mais um desentendimento com Maggiolo, mas dessa vez na frente do juíz, Tolói leva cartão amarelo. Ney Franco, sem opção, acaba tirando Jadsono (???) pra entrada de Cícero (???). Mas não adiantou. O Tricolor, caindo na provocação, recebeu mais 2 cartões amarelos, para Rodholfo e Denílson.

E o jogo assim ficou. O Tigre com a posse de bola, mas sem dar nenhum susto e o São Paulo sem finalizar. Ainda 2 jogadores argentinos levaram cartão amarelo: Rubén Botta e Norberto Paparatto.

VISÃO MARY DO JOGO

Ok, muito calma, vamos lá. Luís Fabiano, colega. Eu entenderia se o meu irmão que tem TREZE ANOS fizesse essa bosta que tu fez. MAS MANO, OS CARAS SÃO ARGENTINOS, ELES IAM FAZER ISSO MESMO, O QUE VOCÊ TINHA NA CABEÇA, JESUS CRISTO! AÍ VAI LÁ, COM MENOS DE 15 MINUTOS, E CHUTA O CARA E A GENTE PERDE O CARA QUE FARIA DIFERENÇA NO JOGO! POXA, TU TEVE QUE ABRIR MÃO DE DINHEIRO PRA VOLTAR PRO SÃO PAULO PRA CHEGAR NA NOSSA 1ª FINAL DA SUL-AMERICANA, UM TÍTULO INTERNACIONAL PARA QUEBRAR O JEJUM DE QUATRO ANOS PRA ME FAZER ESSA MERDA?????!!!! INFANTIL, infantil, I.N.F.A.N.T.I.L E I-N-F-A-N-T-I-L!!!11!!!ONZE!!1 Voltando as letras sem caps lock, palmas pro São Paulo que jogou bem, melhorou muito a zaga, não deixou os argentinos fazerem gol em jogadas aéreas (suas jogadas mais "perigosas") e tentaram na medida do possível fazer gol. Exceto o Cícero, que eu não sei o que ainda faz no São Paulo porque nunca sabe qual é a posíção dele. E agora, muitos "apalusos" pro pior árbitro da história do Paraguai e pro Tigre que só sabe bater e esqueceu que estão disputando um campeonato de FUTEBOL. Agora, atenção: TODOS os ingressos foram vendidos pro 2º jogo, casa lotada. Não vejo vocês levantarem uma taça há 4 anos. Tive que engolir aquela "Libertadores" das galinhas tão fingida quanto o "Mundial". É o jogo da vida do Lucas. Acho bom vocês não me entregarem esse título na mão desses argentinos safados catimbeiros do cão. ACHO BOM.

IMAGENS:


PRÓXIMO JOGO

São Paulo x Tigre - 2º jogo da Final da Copa Sul-Americana.

E o que vocês acharam desse jogo? No fim das contas, até que o resultado não foi bom, mas também não foi ruim. Comenta aê :-)

Por hoje é só Beijoo ;*

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Vai abrir a geladeira!


Sonha. Ouve um barulho estranho. Welcome to the jungle, We got fun and games. Abre os olhos, vira pro lado, desliga o despertador e liga a mente. Pisca, pisca, pisca. Senhor, obrigada por mais um dia. Levanta. Se estica. Vai no banheiro. Desce. E o momento mais importante da história: abre a geladeira.

Ela olha pra tudo, procurando não sei o que não sei aonde. Putz, hoje tem contínua da Márcia. Olha pra melancia. Hm, queria sucrilhos. Olha pro Yakult. Oh God, tenho que terminar a 2ª temporada de The Big Bang Theory. Olha pro açúcar. Preciso logo de um trabalho, porque essa gente não me contrata? Olha pra maionese. Maldito sistema. Acha o leite e fecha sua fonte de sabedoria.

No meio dessa imensidão cinza, onde tudo vira motivo pras mães serem ofendidas, é preciso muito mais do que só esfriar a cabeça. É preciso parar de se importar tanto.

Vamos crescer. Vamos amadurecer. Vamos nos lembrar que o amanhã pode nem chegar. Vamos valorizar nossos pais. Vamos valorizar o irmão mais novo mimado e o mais velho que te culpa por tudo. Vamos elogiar ao invés de xingar. Vamos dar rosas ao invés de tapas, chocolate ao invés de humilhação, sorrisos ao invés de lágrimas.

Acorde, levante, vá ao banheiro e abra a geladeira. Pense no seu dia anterior, nas suas atitudes, no que você tem que consertar, em quem você tem que perdoar. Ou só pense na prova de matemática mesmo. Pense. Abra a geladeira. Ou melhor, abra sua mente e lembre-se de que o mundo não é feito de eu, mas é feito de nós. Ninguém vai encontrar a felicidade enquanto o estar certo for mais importante que o admitir estar errado.

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Não fique assim pequena, não se vá


Você se afastou. Não adianta falar que fui eu que me afastei, você sabe que não é verdade. Ficar em casa na frente de um livro sem ligar pra ninguém sempre foi o meu jeito, gosto de ficar na minha e odeio o telefone.

Você foi embora e a saudade apertou. Alguns meses longe foi suficiente para meu coração colar alguns bandaids e algumas lágrimas rolarem no meio da noite. Mas nunca pensei que a distância física doesse menos que o vácuo que nós criamos quando você já estava aqui.

Sabe, me dói muito ver você assim desse jeito, chorando por causa de alguém. Nunca senti nada assim ou nessa intensidade, mas mesmo assim, sei que isso pode ser qualquer coisa, menos amor. Porque amor faz as pessoas sorrirem, ficarem bobonas, se arrumarem melhor. Mas você princesa, não está desse jeito. Só consigo ver suas olheiras de noite mal dormidas escondendo o sorriso lindo que você tem.

Peço a Deus todos os dias que não me deixe ficar com raiva dele, ele não tem culpa disso tudo. Peço também que você possa se entregar de novo a Ele, dormir no colo dEle,  que Ele te dê forças pra passar por tudo isso. Mas acima de tudo, que te ame, como você nunca foi amada.

Ai pequena, não fique assim. Às vezes pensamos que precisamos de alguém porque essa pessoa nos traz felicidade. Mas o que precisamos mesmo é do amor desse alguém, isso é que traz felicidade. Só que uma hora acaba, e ficamos desesperados procurando mais e mais amor dentro do poço, descendo cada vez mais fundo buscando por algo que já não existe. Só peço que você abra seus olhos e volte aqui pra cima enquanto a altura ainda dá subir. Antes que seja tarde demais. Antes que o vácuo que existe entre nós nem disso possa ser mais chamado. Antes que o nós acabe.

GO GO GO! V de Vingança

ALOHA! Como diria o pessoal do twitter, "quem é vivo sempre aparece!". Pois é pessoal, o motivo da minha ausência dessa vez não é só minha falta de organização e os 89324638746 de trabalhos e afins pra entregar. Passei os últimos meses indo em entrevistas e sem internet&computador. Ou seja, adeus blog atualizado :SSS

Entretanto, tenho o orgulho de dizer que estou de fe fe fe FÉRIAS!!!!!!1ONZE11! Sente só a felicidade da criança! Devido a tantas novas responsabilidades que eu já tenho e que ainda vou ter desse ano pra cá, vou utilizar as férias (te amo férias) pra organizar minha agenda desse fim de ano e do ano que vem. Esse é um dos meus objetivos pro ano que vem: me organizar que a humanidade agradece.

Agora, vamos falar de coisa boa, vamos de falar de tecpix, só que não. A dica do GO GO GO! de hoje é o filme V de Vingança.


Assisti esse filme pela 1ª vez quando tinha uns 12 ou 13 anos, na aula de História. A matéria tinha acabado e o Gaspar lindo melhor professor de história ever passou pra gente assistir. Lembro que gostei do filme, mas não entendi quase nada. Hoje estava passando os canais da TV e lá estava ele na Warner. Resolvi assistir de novo e dessa vez, tendo aprendido sobre as revoluções, guerras e tudo mais, entendi. Que filme incrível.


O filme se passa numa Inglaterra futurista, em 2020, comandada por Adam Sutler (John Hurt), um chanceler autoritário do partido Fogo Nórdico. Eis que V (Hugo Weaving), um terrorista, faz uma aparição na TV na qual chama a população insatisfeita com o governo para lutar por sua liberdade na frente do Parlamento Britânico no dia 5 de novembro do ano seguinte. Ele é salvo por Evey (Natalie Portman), uma jovem que trabalha nesse canal de TV e acaba sendo obrigado a levá-la como "prisioneira" para sua casa subterrânea. O enredo mostra o porquê de V estar procurando vingança e a busca do inspetor da polícia Eric Finch (Stephen Rea) por ele.


A principal característica de V é que ele nunca mostra o rosto. Está sempre mascarado com o rosto de uma figura da história britânica, Guy Fawkes. O plano de V era explodir o prédio do Parlamento Britânico exatamente como Guy Fawkes tentou fazer em 5 de novembro de 1605, na Conspiração da Pólvora, para acabar com o poder do rei James I, também autoritário. Tentou, mas foi pego antes e executado. Sua morte é comemorada até hoje, no melhor estilo malhação do Judas, no 5 de novembro.

Assista o trailer oficial legendado aqui.


Sim, eu aposto que você já viu essa máscara em algum lugar. Ela é o símbolo do movimento Anonymous, que está em vários lugares do mundo, protestando e levando a ideia de liberdade para a população. Eles participaram da ocupação na Wall Street, da Primavera Árabe, do protesto anti-SOPA e por aí vai.



O filme é baseado na série de HQs de Alan Moore. A história tem uma postura anarquista e foi feita na época da implementação do sistema Capitalista Neoliberal pela primeira ministra Margaret Thatcher, a Dama de Ferro.

Compre a edição especial que reúne todos os HQs aqui.

Well, o diferencial do filme é que a história é simples. Você não precisa saber tudo sobre o anarquismo, ou sobre a Dama de Ferro para entender. Se você não quer ver como um filme-crítica, até que é um bom filme de ação/mistério/whatever. O pessoal que leu as HQs não curtiu, mas sempre é assim né pessoal. O livro sempre é melhor que o filme. Quando eu tiver dinheiro, vou comprá-las, fiquei bem curiosa.

E vocês, gostaram da dica pras férias? Já assistiram o filme? O que acharam? Comentem :-)

Por hoje é só. Beijoo ;*

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Memórias de um passageiro


Hm, indo pra escola, de ônibus. É Maria, os dias de perua escolar acabaram. Não que eu possa chamar aquilo de conforto. A verdade é que ir de ônibus é bem melhor. O tio Robson era legal e me amava, mas aqueles pestinhas não dava mais para aguentar.

Tem um cara na minha frente tocando violão. É difícil encontar um artista nessa cidade, onde todo mundo só preocupa com dinheiro e blábláblá.

Ao som do violão eu vou viajando pro São Luís. Algumas pessoas falam que eu sou desligada, mas na verdade eu sou muito observadora. Fico olhando pras pessoas, no jeito que elas andam, observo as placas dos carros pra ver se vão formar alguma palavra em inglês que me fará refletir. Dou uma olhada na rodinha de senhoras conversando sobre o tempo, sobre seus netos, sobre Deus, ou só sobre a novela.

Me pergunto se as pessoas vão descer no shoppping ou se vão pra fauldade. Será que todo mundo pensa assim, como eu? Sei lá, fico imaginando como vai ser a aula, como vai ser meu casamento, se algum dia eu vou ganhar uma medalha de alguma coisa, se os adolescentes do ônibus estão brigados com os pais, se o cobrador precisa de um abraço, se a moça do lado tá lendo meu texto.

Ou talvez eu eja só uma louca e os passageiros só estão ouvindo música ou lendo algo ou dormindo, eu é que penso demais. Deve ser coisa de artista. Aposto que o cara do violão também tá olhando pras placas dos carros.

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Eu vivo: Entrevistando José Serra

HELLOOOO! Como vão pessoas lindas? Eu estou CHATIADÍSSIMA porque chegamos ao fim das entrevistas com os candidatos à prefeitura de São Paulo #todoschoraentraemdpressãoNO. Solamente avisando a vocês que o Jornal Metro, que é de onde eu tirei todas as entrevistas, não entrevistou todos os candidatos, já que as reportagens foram realizadas quando eles ainda eram pré-candidatos. Se esse é o primeiro post da saga política que você está lendo, veja esse post para entender melhor.

Enfim, depois de tantas lágrimas, vamos logo ver a entrevista, desta vez com José Serra, candidato do PSDB.


QUEM É JOSÉ SERRA

Idade: 70
Partido: PSDB
Nascido em: São Paulo
Família: Casado com Monica Serra, com quem teve dois filhos
Já foi: Secretário estadual de Planejamento, deputado federal e constituinte, senador, ministro por duas vezes (Planejamento e Saúde), prefeito e governador
Formação: Engenharia na Poli, da USP. Concluiu dois mestrados, um no Chile e outro nos EUA, e também o doutorado em economia (também nos EUA). Foi professor de economia na Unicamp (Universidade Estadual de Campinas)
História política: Na juventude, presidiu a UEE (União Estadual dos Estudantes) de São Paulo e a UNE (União Nacional dos Estudantes). Após exílio, militou ao lado de Franco Monto, Mário Covas e Fernando Henrique Cardoso e com eles participou da fundação do PSDB.
Eleições já disputadas: Eleito deputado federal em 1990 (340 mil votos), e senador em 1994 (6,5 milhões de votos). Foi candidato à prefeitura de São Paulo em 1988 e 1996. Foi candidato à Presidência em 2002 e 2010. Foi eleito prefeito de São Paulo em 2004. Se tornou governador do Estado em 2006 – vencendo a eleição já no primeiro turno
Principais metas, se eleito prefeito de São Paulo: Manter projetos da atual gestão como Cidade Limpa, programa favela-bairro e as operações urbanas. Também promete modernizar o sistema de semáforos

Acha que a segunda gestão do Kassab foi boa?

Avalio como uma boa gestão. Estou agora me aprofundando em cada área e não vi nenhum retrocesso.

Quais programas do Kassab o senhor manteria?

Cidade limpa, operações urbanas, o projeto favela-bairro, que eu comecei na prefeitura e que fui parceiro dele como governador... Você vai hoje a Heliópolis, a Paraisópolis, viraram bairro. Eu fiz Etec nas duas. O Kassab fez CEUs, creches... Juntos fizemos saneamento... Você sabe que em Paraisópolis, saneamento cobria 20%... Hoje, água e esgoto é no nível de 80% a 90%. Esse é um programa importantíssimo. Outra coisa: verde, meio ambiente. Um sexto da frota de ônibus já tem combustível alternativo. Parques: havia 31 quando assumimos a prefeitura. Hoje já são 82 parques e a expectativa é chegar a cem no final do ano. O programa Córrego Limpo, que fizemos em conjunto – eu no governo do Estado, ele na prefeitura –, já despoluiu cem córregos...

Alguns candidatos defendem a descentralização de São Paulo, levando os empregos para a periferia
por meio de incentivos fiscais. O sr. acha factível?
 
Essa tese é parecida com a defesa da água encanada ou da energia elétrica. Você conhece alguém contra? O problema é saber fazer. E essa tese não é nem deles, é nossa. Você baixar o ISS, em si, não leva a nada. É preciso criar as condições para a produção se desenvolver. Se você simplesmente baixar o ISS, todo mundo vai mudar o escritório. O que é preciso é fazer obras estruturais e investimentos. Nós já cuidamos da zona leste. Muito. Na prefeitura e no Estado. A Jacu-Pêssego, ela comunica Guarulhos com o ABC. É essencial para a abertura da zona leste. Outra obra importante foi a Nova Marginal, que aliviou muito. O expresso Tiradentes, que na verdade é uma continuação do metrô. Nós já levamos para a Vila Prudente e vai chegar até a Cidade Tiradentes. Vai demorar ainda, mas é crucial.
 
Os moradores não são contra serviços, são contra os serviços que estão mal dimensionados em relação a geração de lixo, geração de trânsito, barulho... É isso o que a prefeitura não consegue fiscalizar e não consegue responder...
 
Porque tem o fator humano, mesmo sem corrupção. Aí é a chamada zeladoria. Calçada, praça, ruído, cortes de árvore. Você sabe o que mais atrasa em São Paulo? Corte de árvore.
 
E a gente sempre escuta que a culpa é da Eletropaulo...
 
A culpa é dela sem dúvida nenhuma. A AES-Eletropaulo funciona muito mal na cidade de São Paulo. A responsabilidade número 1 por faróis que encrencam durante a chuva é da Eletropaulo. O farol, quando interrompe o fornecimento de energia por um segundo, ele fica biruta. Tinha que ter um gerador alternativo. Nada de outro mundo... A Eletropaulo não faz. Ela está comandada por uma empresa norte-americana em má situação e inepta.
 
Qual é a solução?
 
A Eletropaulo é praticamente de propriedade do BNDES. Poderia incorporar gestores que tenham a ver com a cidade. A Eletropaulo minimiza investimentos porque a AES precisa de dinheiro lá fora. Então o critério deles é a empresa não quebrar e ter saúde lá fora. Isso a custa de bons serviços, inclusive os de São Paulo. Eu vou demandar a mudança do controle acionário da Eletropaulo, que está nas mãos do BNDES. O controle da gestão. Isso é essencial para a cidade. É evidente que quem tem condição executiva para cortar árvores é a Eletropaulo. O poder público para cortar é ineficiente. Demora dois anos para cortar uma árvore. A coisa tem que ser radical.
 
E o centro?
 
Tem que adensar. Você tem que fazer o máximo dentro do espaço. Na avenida Tiradentes, por exemplo, tem que fazer prédio e não pode. Essa é outra questão, que é o plano diretor e a lei e uso do solo. No Ipiranga, você tem a avenida Dom Pedro. Tem o Cambuci, Aclimação, Liberdade. Nós vamos fazer lá uma bela operação urbana. E é muito bom que o pessoal do Kassab tenha trabalhado nisso. Ele tem técnicos, projetos bons, e nós vamos aproveitar. Agora, sempre dentro do conceito que eu defendo, que cidade segura é cidade diversificada. Nova York faz isso e não tem porquê a gente não conseguir fazer. Eu acho que tem que ter prédio comercial junto com moradia, eu acho que tem que ter. Em Berlim é assim, Paris é assim, em Londres é assim, Nova York... Por que São Paulo não pode ser? Buenos Aires é assim.
 
Quais são as suas propostas para melhorar o trânsito?
 
Tenho um número aqui que eu quero dar. Dados da CET. Média anual de congestionamento na cidade. Em 2005: o pico era 77 km pela manhã e 116 km à tarde. A média da manhã aumentou de 77 km para 80 km em 2011. E a da tarde caiu para 108 km. A frota no Estado aumentou 53% – na capital deve ter sido a média, ou um pouco mais baixa que no Estado. A de motos, 150%. Enquanto São Paulo não tiver uma teia de aranha de trilhos embaixo da cidade, vamos ter o trânsito altamente insatisfatório e antieconômico. Essa é uma questão de médio e longo prazos que eu acho que vai acontecer, até pelo nível de investimento que está tendo. Metrô e CPTM nunca estiveram tão cheios. Paradoxalmente, porque só no meu governo nós aumentamos 17 km. Foram 15 estações novas, sem contar as reformas das estações da CPTM. Por que os trens estão mais cheios? Porque cada linha nova atrai mais gente. É como saúde: a demanda sempre cresce à frente. A médio prazo, estou otimista, porque você tem linha 5, linha 6, a linha 2 até Tiradentes, a linha ouro, tem várias coisas meio interurbanas, para o ABC... Um segundo ponto são os ônibus, que têm um papelchave e vão continuar tendo. A nossa ideia é esticar o monotrilho zona sul adentro. Tem o monotrilho para Cidade Tiradentes. Acho que tem que ter o monotrilho para a zona norte, que é grande o suficiente para ter uma paralela.
 
E pedágio urbano?
 
Sou contra. Sou contra porque você tem que ter um sistema de transporte bom.
 
Para ver a entrevista na íntegra ou se você mora em outra cidade e quer ler a entrevista do candidato a prefeito da sua cidade, acesse: http://publimetro.band.com.br/
 
 
Bem pessoal, essa foi a última entrevista com os candidatos à prefeito de São Paulo. But, relax, porque eu ainda trarei outras cositchas más nessa saga política. Em breve, aqui no O Estranho é Ser Normal.
 
AH, uma coisa. Eu coloquei essas entrevistas porque achei que seria uma boa maneira de vocês saberem as propostas dos candidatos, mas isso não significa que vocês não devam pesquisar sobre o passado político deles. Não vou pôr nada do tipo aqui pra não induzir o voto de ninguém, já que vivemos numa "democracia" e vocês tem direito de votar em quem bem entenderem. Só peço que pensem com carinho nas pessoas mais necessitadas. Talvez votar não faça tanta diferença na sua vida, mas na vida de quem mora na periferia como eu, muda e bastante!
 
E aí, curtiu as ideias do Serra? Já decidiu em quem você vai votar? Comentem :))
Por hoje é só. Beijoo ;*