sexta-feira, 11 de maio de 2012

GO GO GO! Cine Conhecimento

Oi vocês! Como estão? Eu tô aqui, morrendo de sono ._. Enfim, quem quer dica de algo legal pra ver na TV? õ/

Entonces, a dica do GO GO GO! de hoje é o programa Cine Conhecimento, do Canal Futura.


Partindo da ideia de que sempre é possível aprender ao assistir a um bom filme, o Cine Conhecimento apresenta filmes de vários países que abordam questões históricas ou atuais. Em sua temporada mais recente, o Cine destaca produções de diretores consagrados como Bernardo Bertolucci, Dziga Vertov, Mohsen Makhmalbaf, Wim Wenders e James Ivory. O programa aborda técnicas, detalhes de produção, história, curiosidades, premiações, perfil de profissionais e análise de linguagens, assim como a busca pela compreensão de comportamentos e diferenças culturais a partir dos contextos apresentados.

Descobri o programa numa dessas madrugadas das férias que se passa acordado. ~ Le eu passando os canais e resolvo assistir o Futura ~ Me apaixonei perdidamente por ele porque, além de ser apresentado pela Marjorie Estiano linda&diva (naquela epóca viu, agora ele é apresentado por Lorena Calábria), os filmes não são hollywoodianos. Eles abordam outros temas além do mocinho que fica com a mocinha, o mulçumano que quer explodir tudo e os vampirex da night. É muito interessante e é bem mais legal, porque você não sabe o que vai rolar, não é previsível como todos os filmes americanos que assistimos. E você ainda conhece o trabalho de diretores de outros países que você nunca imaginaria fazerem filmes tão bons, como Alemanha, França e países do Oriente Médio.

Bem, os filmes que são meus prediletos ever que já passaram lá são 2:

Alice nas Cidades - Win Wenders


Baseado nas primeiras viagens de Wenders às Américas, conhecemos o personagem Philip Winter, que vai para os Estados Unidos para fazer algumas reportagens. Ele não consegue, tendo que voltar para a Alemanha. Só que o aeroporto está fechado, e ele só consegue passagem para o dia seguinte. Ele conhece uma mãe e uma filha na mesma situação, com quem divide seu quarto em um hotel. Quando acorda na manhã seguinte, a mãe da menina foi embora e ele assume de vez o papel paterno da jovem Alice.

Acho esse filme extremamente fofo *-* Foi o tal 1º filme que eu assisti no programa, dirigido pelo alemão Win Wenders e foi o primeiro de sua trilogia de road movies (filmes de viagem). O final é super inesperado, talvez você ache que o Win se equivocou, mas eu achei o final perfeito e condiz com a realidade. Ah, em preto e branco ok meu povo?

A incrível Sra. Ritchie - Paul Johansson


Charlie é um adolescente problemático. Cansado de seu comportamento, o diretor da escola decide obrigá-lo a trabalhar na casa de Evelyn Ritchie, uma excêntrica velhinha. Lá o garoto vai aprender valiosas lições sobre vida, convivência e família.

FILME LINDJO *------* Charlie (garoto mais lindo e maravilhoso da face da Terra) é um bad boy que vive problemas dentro de casa: seus pais vivem brigando e sua irmã do meio tá querendo "pôr as asinhas de fora", se é que me entendem. Ele vai trabalhar na casa da Sra. Ritchie que tem o jardim mais florido do Universo (quem curte sáscoisa de flor e pá vai delirar) e lá ele viverá experiências maravilhosas que mudarão sua vida para sempre. Lágrimas nos olhos, snif. Esse é mais fácil de entender, já que é menos complexo que o anterior. Foi dirgido pelo Paul Johansson (sim, o carinha do One Tree Hill e do Bervely Hills).

O Cine Conhecimento vai ao ar às sextas, às 22h e reprisa aos sábados às 23h, aos domingos às 22h e às terças à 0h45min, no Canal Futura.

FONTES:

E vocês, gostaram da dica? Já conheciam o programa? Se já viram algum filme dele, qual vocês mais curtiram? Comentem :-)

Por hoje é só. Beijoo ;*

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Eu vivo: Mudanças no blog

Aloha todo mundo! Como vão? Aposto que você entrou hoje no blog e se perguntou: "WHAT HAPPENED?? CADÊ O BLOG DA MARIA?". Não, você não errou o endereço e nem clicou no link errado. Lembram-se que faltando 20 dias pro aniversário do blog eu fiz uma enquete perguntando se vocês queriam que o layout mudasse? Pois então, com surpreendentes 1 voto a 0 cheiro de sarcasmo, a mudança no layout ganhou HOHO. E não foi só isso. C'mon babies!
 
  • O fundo de estrelas: Quando comecei com o blog, era perdidamente apixonada por aquele desenho cheio de caveiras e rabiscos e záz, até mesmo porque nunca tinha visto nenhum blog com aquele fundo. Porém, passei essa semana vendo um monte de tutoriais sobre como customizar sua camiseta/legging/tênis com a estampa galaxy. Já que estou sem tinta de tecido aqui, porque não colocar esse tema no blog?
  • A foto lá em cima: Antes de mais nada, os créditos da foto são exclusivos da minha prima Lídia, que aliás é fotógrafa amadora e pretende ser profissional um dia. Dá uma olhadinha nas obras de arte dela. Porém, eu editei e 90% das pessoas no face amaram essa foto, eu também amei e aí está ela.
  • Contato: Abri mais uma página lá em cima onde estão os contatos pra quem quiser sugerir, criticar e pedir parceria. Também criei um twitter pro blog, segue lá: @BOEESN.
 
Enfim gente, gostaram das mudanças? Algo a dizer? Comentem :-)
 
Por hoje é só. Beijoo ;*

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Eu vivo: Fórum de Profissões

HELLO EVERYBODY!  Como estão? Vim mostrar pra vocês hoje um evento que aconteceu hoje lá na school (tenho que parar com essa mania de misturar inglês e português) digo, escola: o Fórum de Profissões.

Seguinte: chamaram alguns profissionais dos principais cursos da área de Humanas pra falarem um pouco sobre a escolha da faculdade. Uma ótima oportunidade para decidir qual faculdade fazer para quem está em dúvida ou para descobrir o que você quer fazer. No meu caso, foi só para saber mais sobre uma área que eu tenho interesse só em estudar porque amo essa matéria (você descobrirá qual é nos próximos páragarafos) e também pra conhecer jornalistas de verdade e ter uma experiência realista dessa profissão.


Cada sala tinha os seus profissionais de acordo com a sua profissão ( DÃ!). Resolvi ir primeiro em Jornalismo. A lindinha da titia aqui chegou atrasada (culpa do transporte do nosso prefeito lindo), mas enfim. Os jornalistas que estavam lá eram Célia Pacini (diretora geral da revista Casa Mix), Humberto Saccomandi (editor do jornal Valor Econômico), Neldson Marcolin (jornalista da revista Pesquisa Fapesp) e Silvana Quaglio (jornalista do jornal O Globo).


Foi bem dahora, tiraram minhas dúvidas sobre o jornalismo televisivo e tudo mais. Me identifiquei com a profissão, como a Silvana disse: "Pra ser jornalista, tem que gostar de escrever, gostar de ler e gostar de passar informação pros outros". Outras coisas interessantes que disseram foi que "Não é preciso saber sobre o assunto. É preciso saber fazer as perguntas certas" (Humberto) e "Cada veículo forma seus proffissionais. O fato de você fazer Jornalismo não faz de você um jornalista." (Silvana). Outra coisa importante: não importa se você é tímido mas quer fazer esse curso. Essa é uma barreira que pode ser quebrada na profissão ou até nem precisa.


Depois de ficar um tempinho nessa sala, dei uma passada na rodinha de Sociologia e Filosofia. A matéria que eu tanto amo e citei lá em cima é... SOCIOLOGIA! Comecei a tê-la só esse ano com o Prof. Alexandre e já estou amando demais. Incrível as coisas que eu descobri depois de um bimestre com apenas uma aula por semana. Porém, pretendo fazer o curso só por gostar mesmo, não tô afim de lecionar. Os caras que estavam lá eram o Prof. Edelson Carlos Soler e o Prof. João Rodrigo Lima Agildo, ambos professores do São Luís.


Fiquei lá só um pouco e o que posso trazer aqui pra quem acha que vai fazer isso é: Não se importe se os outros disserem "Fazer filosofia/sociologia pra que? Pra que serve isso?". Meu, se você gosta, vai fundo! Eu super admiro quem decide fazer esses cursos e os professores disseram que o mercado está precisando de professores dessas matérias, pois são mais recentes, não têm tantos profissionais disponíveis.


Gostei muito do evento, MÃÃÃÃÃÃS, eu fiquei um tanto quanto confusa. Contar-lhe-eis o meu dilema. Quando eu tinha sei lá, uns 12 anos, falava que ia fazer Letras porque queria ser escritora. Mais tarde pesquisei sobre na Internet e descobri que quem faz Letras é porque quer virar professor e tipassim, NÃO! Resolvi fazer Jornalismo. Estava certa disso até hoje. Levantei esssa questão no Fórum e disseram que eu poderia fazer Literatura até, mas que para ser escritor você tem que ter o dom, ninguém pode te ensinar, é como os artistas que pintam quadros. Resumindo: vou virar hippie e vender pulseirinha na Av. Paulista. Keep calm, não vou fazer isso.

Por isso que peço a ajuda de vocês queridos e amados leitores. Faço Jornalismo, faço Literatura ou não faço nada e começo logo a escrever meus livros de crônicas? Ou faço algo totalmente diferente? Queria saber a opinião de vocês pra tentar me decidir. Respondam nos comentários, please :-) ?

Bem galerê, tirando essa dúvida cruel, gostei de verdade dessa experiência. Ano que vem tem de novo e quem sabe eu já tenha me decidido de vez?

E vocês, já sabem o que querem fazer depois da escola? Medicina? Direito? Design? Comprar uma bicicleta? Contem tudo nos comentários! Por hoje é só. Beijoo ;*

domingo, 6 de maio de 2012

Eu vivo: 1 ano de blog!

Olá pessoas lindas que ainda leem meu blog sem posts! Todos bem? 7384683274691324638763  de desculpas pelo atraso se é que ainda dá pra chamar 1 semana de atraso porque néam. Estou tentando organizar minha vida desde fevereiro, mas tá difícil viu! Como as meninas da escola disseram: "Quando você entra no São Luís, esquece a sua vida social". Pois bem, achei que comigo seria diferente, mas está sendo the same thing.


Semana passada, dia 28 de maio, o querido amado blog O Estranho é Ser Normal completou 1 aninho de vida! AÊÊÊÊÊÊÊ TODOS COMEMORA VIBRA PULA DÁ CAMBALHOTA MORTAL HADUKEN SOLTA FOGOS PLA PLOW PLEW OS CACHORRO DA ANA MARIA BRAGA LATE MIA FAZ MUUUUUUU é sério, os cachorros faziam esses barulhos!

Bem, pra quem não sabe, o blog foi criado em 2011 porque o fotolog já não supria mais minhas necessidades. Precisava de algo a mais pra me expressar e mostrar minha pacata vidinha de adolescente crente, que adora ler e escrever e adora passar o dia assistindo Friends. Everybody knows que meu objetivo nunca foi e jamais será ficar famosa, aparecer na MTV e lálálá. Sucesso é cosequência de um trabalho duro e dedicação.


Sou apaixonada por esse blog. Apaixonada pelo que ele e o seu nome representam pra mim. Sabe, é muito importante me lembrar diante das dificuldades que o estranho é ser normal. Não importa o que os outros digam pra mim, eu vou continuar sendo o que sou, tendo fé naquEle que é nome sobre todo nome e correndo atrás dos meus sonhos, sejam eles possíveis ou impossíveis para os homens.

Só concluindo, gostaria de agradecer a cada um que clicou nos links de divulgação ou entrou no blog porque eu falei dele pessoalmente, a cada um que me elogiou, que me criticou, que me apoiou, que gosta de mim e que me odeia. Obrigada pelos poucos e escassos comentários (não estou reclamando da quantidade!) que me fizeram tão feliz (só um blogeiro novinho sabe o quanto é maravilhoso ver um novo comentário no seu blog *-*). Obrigada pelos 3 pedidos de posts que foram feitos por amigos meus. Obrigada por curtirem a página do blog no Face. Obrigada por terem lido meus textos de desabafo e terem se identificado ou não. Obrigada pelas mais de 3.000 visualizações, mesmo que seja só pra abrir e ver que não era a página que você queria ver e aí fechar. Enfim, obrigada pelo carinho e por terem me acompanhado nesse 1 ano de trajetória do blog.



Pode parecer exagero pra um blog tão pequeno e desconhecido. Mas eu amo o que eu faço. Amo escrever, amo falar sobre as coisas que acontecem por aqui e de me sentir conversando com vocês do outro lado das tela através das palavras. Os meus dedos dançam tranquilamente em cima desse teclado e essa é uma das minhas maiores diversões. Valeu por tudo galereê, I love ya!

Por hoje é só. Beijoo ;*