quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Sorteio: Sambando na Saraiva!

 

Olá migos leitores mais lindos do Universo! Hoje vim trazer uma novidade supimpa pra vocês: SORTEIOOOO SZ

Após quase 4 anos de blog, vamos realizar nosso primeiro sorteio! Estou super feliz e espero que dê tudo certo rs. Por que realizar um sorteio agora, do nada? Ah, nada demais, só por causa das 2.000 curtidas na página do blog lá no Facebook, coisa banal. COMASSIM VOCÊ AINDA NÃO CURTIU? COMO OUSA? Clique aqui bebê.

Eu queria muito sortear um livro, ou um CD, ou um DVD pra vocês. Mas como sei que meus leitores têm gostos muito variados, achei injusto fazer apenas com uma coisa. Por isso, decidi sortear um Vale-Presente da Livraria Saraiva carregado com 50 cinquenta C-I-N-Q-U-E-N-T-A tons de cinza reais! Isso mesmo caro coleguinha, você receberá R$ 50,00 para gastar com livros, CDs, DVDs, artigos de papelaria ou parafernalhas tecnológicas*. Escolhi o vale-presente da livraria Saraiva porque ela está presente em todas as regiões do país e quase em todos os estados brasileiros.


Ok, chega de blábláblá e vamos ao regulamento oficial do sorteio:

Para participar da promoção, o leitor deve:
  • Curtir a página do blog O Estranho é Ser Normal;
  • Compartilhar a imagem oficial da promoção (que já está postada na página do blog, é essa foto meio verde do início do post lá e cima, é só compartilhar no face) em sua timeline no modo público;
  • Participar através do aplicativo Sorteie.me no Facebook (clique aqui);
  • Residir no Brasil.
Vocês têm de agora até às 23 horas e 59 minutos (horário de Brasília) do dia 20/02/2015 para participarem da promoção. O sorteio será realizado no dia 21/02/2015 e logo mais será divulgado na página e aqui no blog mesmo.
Após o resultado ser divulgado na página do blog, entrarei em contato com o ganhador pelo próprio Facebook. Ele deverá responder em até 72 horas após o envio da mensagem. Caso não haja resposta, o sorteio será realizado novamente quantas vezes forem necessárias até que o vencedor responda.

*O produto escolhido pelo ganhador está sujeito ao estoque da Livraria Saraiva.

É isso galerinha, está dada a largada!

Ah, e não posso deixar de agradecer a cada leitor lindo e cheiroso por curtir a página do blog. Estou feliz pra caramba por essa conquista que não é apenas minha, mas de cada de um de vocês. Recebam meu abraço virtual e o meu muito obrigada!

Boa sorte a todos! Por hoje é só. Beijoo ;*

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Um amor que não cabe na esquina da Ipiranga com a Av. São João


Antes de mais nada queria dizer que a dita cuja que vos fala deveria estar na cama dormindo. Mas não está, por isso vai ficar reclamando a semana toda do sono. Mas enfim.

Desde os meus tempos de fotolog eu gosto de escrever um texto homenageando a minha cidade no seu aniversário. Gosto de falar do quanto eu gosto daqui, de todos os lugares legais por onde passei, etc etc etc. Às vezes eu penso em fazer algo diferentão, mas sou dessas pessoas que adora fazer discurso no aniversário dos outros (amigos entenderão) e não poderia ser diferente com a minha cidade maravilhosa. Eu sei, tô um pouco atrasada, mas paulistano que nunca se atrasou não é paulistano de verdade.

Muitos amigos meus dizem que um dia querem sair de São Paulo. Que tem muito trânsito, que tem muita poluição, que é muito estressante e não sei mais o que. E sim, vocês têm toda razão e têm todos os motivos do mundo pra querer sair de São Paulo. Mas se existem 1000 justificativas pra querer ir embora, eu garanto que também existem 1001 justificativas pra ficar aqui pra sempre.

São Paulo é uma cidade que me entende. Sabe que eu vivo na correria, que eu preciso estar em 3 lugares a mesmo tempo o tempo todo. São Paulo sabe que de noite eu me concentro melhor pra fazer tudo. Ela sabe que eu não sei lidar com mato, mas que se eu precisar de silêncio tem um parque onde eu posso esquecer de tudo (ou quase). Ela percebe que eu tenho momentos em que quero todos os meus amigos perto de mim pra gente jogar conversa fora e rir por qualquer motivo, mas ela também compreende que tem hora que eu só quero afogar minhas tristezas sozinha num frapuccino bem gelado e transbordando chantilly.

Aqui tem muita coisa ruim sim. Tem sujeira, tem gente morando na rua, tem violência, tem preconceito, tem trânsito, tem poluição. Tem muita gente fria sim, e nossa, como tem frieza! E posso concordar muito com o que o Criolo canta, mas preciso dizer senhor Criolo: existe amor em SP.

Eu posso sentir esse amor na diversidade, em todas as culturas que nós recebemos de braços abertos. Em todos os zilhares de estilos que eu vejo quando saio de casa. Em todas as bibliotecas, espaços culturais, teatros e cinemas. Em todos os casais que namoram nas praças e nos parques. Nas pessoas que saem por aí distribuindo comida e cobertores pra quem não tem teto. No rosto de cada jovem que sai de casa pra protestar pelos seus direitos e de toda população.

São Paulo é uma cidade movida a muito trabalho, muita vontade e esforço de gente guerreira que acorda às 3, 4 e 5h da manhã pra lutar pelo pão de cada dia. Mas eu garanto que também é uma cidade movida a muito, muito, muito amor.

Essa é a minha singela homenagem à cidade que não dorme e que eu amo tanto. SP, você é a minha cidade maravilhosa. Feliz 461 anos!

PS.: Um agradecimento especial as divas Mikaela e Vitória por essa foto linda sz