sábado, 22 de agosto de 2015

O que vocês fizeram com meu time?

Vergonha do presidente, vergonha dos jogadores, mas vergonha maior ainda de vocês
Costumo dizer que sou são-paulina desde que era um feto, afinal meus pais se conheceram no Morumbi, já era de se esperar. Sempre amei futebol, sempre fui ao estádio, sempre zuei corinthiano e vou continuar zuando e sempre me interessei por esse esporte que tanto encanta. Resumindo: tricolor desde pequenininha (menor ainda que hoje em dia).

Faz um tempo que não vejo aquele time arrebatador que fazia os outros tremerem em campo. Aliás, faz BASTANTE tempo. Desde o nosso último título importante, em 2008 pra ser mais exata. Até tentamos enganar um pouco com aquele título furreco da Sul-Americana com o Lucas (quando ele volta, hein gente?) brilhando no Morumbi.

O São Paulo que eu cresci vendo era um time brilhante. Um time que tinha uma zaga que não deixava bola passar, com laterais DE VERDADE, volantes que ssásinhora, que volantes amigo, que volantes, e atacantes que sabiam fazer gol (tipo, né?). Esse São Paulo tinha uma diretoria conhecida pela sua retidão. Não digo que ninguém ali participava dos esquemas de corrupção, mas ficava claro o relacionamento nada amigável que ela tinha com a CBF (que sabemos que é corrupção pura), muito diferente de vários outros clubes por aí. Esse mesmo clube tinha uma equipe médica excelente, tanto que era raro você ouvir nos jornais que algum jogador importante estava com lesão séria.

E hoje, Maria? Bem, hoje eu vejo um time como outro qualquer. Vejo um amontoado de projetos de jogadores nem um pouco comprometidos com o clube e nem com a torcida. Claro, temos algumas exceções. Vejo também um presidente birrento que está mais preocupado em ferrar com a vida do vizinho de CT na Barra Funda (vulgarmente conhecido como Palmares) e obviamente não está conseguindo. Na boa, seu Aidar, Wesley? WESLEY? Até os verdinhos te agradeceram pelo jogador ~prodígio~ ter ido embora. Sem falar na lambança que o senhor fez com nosso dinheiro (ou a falta dele).

E além de tudo, ainda tem essa torcida organizada RIDÍCULA. Sim, ridícula. Eu queria entender porque o seu nome é Independente. Deveria ser porque você, como torcida organizada, independente de problemas, independente de jogadores fuleros, independente de presidentes alcoólatras a cheios de mimimi, independente de qualquer coisa deveria apoiar o seu time. Deveriam ir ao estádio pra cantar o Hino, não pra vaiar e xingar jogador.

Muita gente procura o porquê do SPFC estar assim como é hoje. E eu digo que não tem tanto a ver com esses motivos aí em cima. Na verdade, não são motivos. São consequências do real e único problema do clube: o São Paulo parou no tempo. Os jogadores, o presidente, a diretoria, a torcida... Todos nós, são paulinos, paramos no tempo. Sabe por quê? Por que sempre que ligamos a TV pra ver as notícias do clube, sempre que vamos ao Morumbi, sempre que entramos em sites pra ler as crônicas dos jogos, esperamos ver aquele time que eu citei no 3º parágrafo. Um time brilhante, com 3 Libertadores, 3 Mundiais, 6 Campeonatos Brasileiros, jogadores talentosos e eficientes, dirigentes comprometidos e uma torcida que sustenta e apoia. Mas já ficou claro que não é esse time que vemos em lugar nenhum.

Sabe por quê, torcedor? Porque os outros times correram atrás. Porque enquanto a gente fica ostentado taça de 10 anos atrás, tem time com estádio novo. Tem time com jogador de nome e que sabe jogar bola. Time que tem as finanças organizadas e com pagamentos em dia. Time com jogador apaixonado pela camisa que veste.

Pelo amor de Deus, não estou menosprezando o Tricolor Paulista, muito menos nosso passado glorioso. Nós temos que nos orgulhar disso sim e muito! Mas como dizem nosso rivais, quem vive de passado é museu. Não dá pra ficar achando que o São Paulo vai ser grande pra sempre por coisas que nós nem resquícios vemos atualmente.

Eu vi um comentário de um cara aleatório num texto por aí na Internet. Ele disse que torcia pro São Paulo porque era um time diferente, uma instituição diferenciada. É exatamente isso. O São Paulo é um time diferente. Ou era? Sei lá.

Eu não tenho a solução pra esse clube. Não tenho a solução pra resolver nossos problemas financeiros, nossa falta de elenco, nossa zaga horrenda, nossa diretoria escabrosa. Tudo que eu sei é que como torcedora eu vou continuar amando esse clube até o fim. Eu vou continuar torcendo pra que um milagre aconteça e a gente ganhe cada campeonato no qual estivermos. Eu não vou ser aquele torcedor modinha que só sabe ficar reclamando da fase. Eu ainda vou me gabar das nossas grandes conquistas, do nosso estádio lindo, do nosso escudo. Vou continuar apoiando meus jogadores. Eu vou continuar te amando, São Paulo Futebol Clube.

PS.: Imagem retirada da página MARAVILHOSA SPFC em Cartaz. Vale a pena conferir o trabalho deles, é show :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou da postagem? Comente :-)